Pesquisar neste blogue

2011-04-28

6ºCap. Tudo ou nada

Sexto capitulo – Fim da missão

-Vamos descer. –Diz o Zang de mãos nos bolsos a olhar seriamente lá para baixo.
Vi na cara dele que não estava a gostar muito da ideia.
-Zang… -Suspirei. –Vou só eu, espera aqui por mim!
-Nem penses! Eu vou contigo!
Eu olho-o nos olhos e digo-lhe:
-É altura de confiares em mim. Deixa-me ir sozinha! Por favor! –Implorei.
Ele fica a pensar com cara de preocupado.
-Deixa-me provar que consigo! Pela primeira vez na vida deixa-me fazer alguma coisa pela equipa! –Insisti ainda mais.
Ele olha para os seus botões e diz:
-Está bem! Vai lá… Vou ter de confiar em ti…
Eu fico toda contente e abraço-o.
-Vais ver que não vou desiludir-te! –Digo isto e salto para uma saliência de rocha na parede da fenda.
Onde é que ela está?
Olho bem lá para baixo e consigo ver qualquer coisa.
Verde-escuro… é o vestido dela! Ela deve ter caído sem nos apercebemos!
Começo a saltar de parede em parede e consigo chegar lá baixo facilmente.
Desato a correr quando a vejo no chão desmaiada, estava num bocado de rocha que era mais alto que o nível das águas e então ficava fora de água.
Pego nela e deito-a no meu ombro.
Antes de começar a subir, concentrei rapidamente o chakra nos pés e assim é que pude subir.
Corri pela parede acima mais rápido que a velocidade de rotação de um tornado.
O Zang fica a olhar para mim pasmado.
-Fizeste isso tão bem que de tal maneira até me pareceu fácil! –Disse ainda pasmado.
-Até foi fácil, sem contar quanto me cansei a subir e a descer mesmo concentrando o chakra!
Acordo-a usando o Kai.
-O que aconteceu? Onde está a serpente? E porque é que estão a olhar tão contentes para mim!
Eu abraço-a logo.
-Nunca mais nos pregues um susto desses! Estava tão preocupada! Não sabia-mos onde estavas!
-E onde é que eu estava? –Perguntou embaraçada.
-Caíste na fenda. –Respondi.
O Zang retira as mãos dos bolsos e diz:
-É melhor deixarmos isso para depois e pormo-nos a andar antes que mais alguma coisa aconteça!
-Pois! –Comentei sorrindo e esfregando o pescoço.
Corremos para o centro da floresta, lá era onde tínhamos de nos encontrar com a Anko.
Mal chegámos lá, a Anko aparece novamente do nada! Detesto quando ela faz isso!
-Ora bem meninos, parece que a Shelly matou uma equipa inteira… Está bem, a vossa missão está concluída! –Disse a Anko enquanto o Zang lhe entregava os pergaminhos.
Será que eles já se acreditam que fui eu que derrotei aquela equipa assombrosa?!?
Vi na cara da Lin que ainda não se acreditava e estava prestes a falar alguma coisa.
-Como é que sabe disso? –Perguntou a Lin.
-Câmaras de vigilância!
Ela ficou pensativa, mas a expressão na cara deles mudou, e bastante!
-Ide lá para casa! –Implicou a Anko.
A Lin cruza logo os braços e vira costas. Eu simplesmente viro as costas e começo a andar.
Passei pela minha casa mas a minha mãe não estava e vinha mesmo a calhar um lanchinho apetitoso!
Decidi ir á cafetaria perto da minha casa.
-Menina, o que vai desejar? –Perguntou o empregado.
-Pode ser uma nata.
Na verdade queria mesmo companhia, e não é que a Lin estava na mesa ao meu lado!
-Shelly! –Chamou-me. –Anda para aqui!
Eu sentei-me na cadeira á frente dela e vi que ela estava a comer um bolo de chocolate.
Como é que ela emagreceu tanto em tão pouco tempo? Mas o que é que o amor faz…!
Se calhar até era boa ideia ajudá-la a encontrar o tal rapaz… Mas como? Será que ela se lembra dele?
-Lin… -Parece que as palavras me fugiram da boca.
Eu parei de falar e suspirei. Ela ficou a olhar para mim.
-O que foi? –Perguntou.
-Ainda te lembras do tal rapaz dos teus sonhos?
Ela rebaixou a cabeça e disse.
-Já não me lembro de quase nada, mas se o vir juro-te que o reconheço!
Eu pensei um pouco antes de falar e continuei.
-Queres encontrá-lo?
Ela não respondeu e ficou desanimada.

Sondagem fechada

Qual a tua dupla favorita da Akatsuki?

A dupla que teve mais votos (4 votos - 50%) foi a do Deidara e do Tobi, com estes dois a diversão é garantida! Vou ser sincera, esta é a minha favorita de longe!
Em segundo lugar ficou a dupla do Sasori e Deidara (3 votos - 37%).
Em terceiro o Itachi e Kisame (1 Voto - 12%)
Os restantes ( 0 votos) são, o Pein e a Konan, o Hidan e Kakuzo, Orochimaru e Sasori.

Não fiquem desiludidos, estes dados não são realistas, o blog não tem centenas de visitantes para a sondagem ter resultados maiores e mais comparáveis!

No total houveram 8 votos, há que ter paciência, para a próxima há mais!

2011-04-27

5ºCap. Tudo ou nada

Quinto capitulo – O desaparecimento da Lin

Estávamos os quatro em cima da árvore, mas de repente a árvore começa a inclinar-se para cair na fenda.
-Saltem! –Gritei.
Saltamos todos para o chão antes que a árvore caísse mesmo por pouco!
A árvore cai e pouco depois ouve-se a cair no lençol de água.
-A fenda é assim tão grande para ir até um lençol de água? –Diz a minha irmã.
-Eu dei-lhe com força! –Respondi.
A Lin e o Zang ainda não se acreditam que fui eu! Vê-se na cara deles!
-Vou ver qual deles tem o pergaminho. –Disse correndo para a rapariga.
Procuro nos bolsos dela e encontro o pergaminho.
-Está aqui! E é um da Terra!
Eu começo a ouvir uns passos leves e alevanto a cabeça e vejo dois rapazes da idade da minha irmã.
-Estás ai Flora! –Disseram os dois.
Ela corre para a beira deles e acena-me.
-Vamos lá, não temos tempo a perder! –Disse a minha irmã para eles.
-Nós também não! –Disse para o Zang e para a Lin. –Já completamos a missão, já estão três mortos!
Ao alevantar-me ouço algo a deslizar pelo chão. Olho para trás e vejo a mesma serpente que tinha engolido o Naruto.
A Lin e o Zang bem tentaram fugir-lhe, mas a serpente mete-os na boca.
Eu corro em direção da serpente com o chakra concentrado nos pés para conseguir ser mais rápida. Alevanto o braço e fecho a minha mão em punho.
Concentro o chakra na mão em punho e espeto-a na serpente.
Fica um buraco fundo nela e começa a tossir. Tossiu tanto que acabou por vomitar o Naruto, a Lin e o Zang.
-Tu! –Gritaram ao mesmo tempo o Naruto e o Zang.
Estes dois nunca mais se entendem! Que chatos! Nem se conseguem olhar direito.
-Calem-se! –Gritei bem alto de nervos. –Nem com uma serpente gigante á vossa frente se calam!
Eles ficam especados a olhar para mim.
A Lin estava muito pensativa.
-O que foi, Lin? –Perguntei-lhe.
-Aquela serpente só pode ser obra de Orochimaru!
-Quem é esse?
-É um dos três ninjas lendários, mas está no lado dos maus!
A serpente tossiu tanto que até morreu.
-Vou salvar a minha equipa! –Disse Naruto desaparecendo pelo meio das árvores.
-Lin, verifica se a serpente já está mesmo morta. –Diz o Zang.
Ninguém responde nem se mexe.
-Lin? –Dissemos os dois olhando á nossa volta. –Onde estás?
-Ok, e agora o que fazemos? –Perguntei.
O Zang fica com cara de preocupado e suspira.
-Vamos procurá-la… -Disse passado algum tempo.
Eu agarro o pulso dele e dou-lhe um beijo. Ele fica corado e eu puxo-o para começar a procurá-la.
Dê-mos voltas e voltas pela floresta, mas não a encontrávamos.
-E se pedíssemos ajuda á Hinata ou ao Neji? –Perguntei. –Talvez a encontrassem usando o Byakugan.
-Sim, é melhor irmos depressa antes que eles acabem o exame chounnin!
Começamos a correr o mais depressa que podíamos mesmo com a ajuda do chakra concentrado nos pés.
Pouco depois encontramos a Hinata juntamente com dois rapazes, o que andava com um cão (segundo a minha irmã) devia ser o Kiba, e o outro de gola até ao nariz devia ser o Shino.
Ela conhece muito bem a minha irmã e já foi a minha casa, daí que a conheço. A minha mana é muito popular lá na escola conhece a turma toda do Sasuke, conhece a turma dela é claro, e mais alguns de outras turmas. Não gosta de conflitos e desentendimentos, dá-se bem com toda a gente.
-Hinata! –Chamei.
Ela olha para mim e para o Zang e fica muito vermelha.
Aproximo-me dela, mas faço sinal para o Zang se manter quieto.
-O que foi para ficares assim? –Sussurrei-lhe
-Desculpa lá, mas é que daqui o Zang parecia o Naruto e assustei-me. –Disse fazendo aquele gesto habitual com os dedos.
Eu tento não rir-me, mas a vontade era tanta que até me parti toda! Tenho mesmo que a ajudar a avançar a timidez e a conquistá-lo!
-Agora esquecendo isso, vamos falar de coisas mesmo sérias! –Parei de rir e limpei as lágrimas. –Preciso da tua ajuda, a Lin desapareceu e não a conseguimos encontrar.
-Precisas do Byakugan? –Disse com a voz trémula dela de natureza. –Não sei se o Kiba e o Shino iriam gostar…
Eu ponho as minhas mãos nos ombros dela e digo:
-Não podes agir sempre em função dos outros! Faz o que achas certo! Como eu, quero salvar a minha amiga e achei certo vir pedir-te ajuda! Por favor… -Não conseguia aguentar as lágrimas nos meus olhos e elas começaram a escorrer pela minha cara abaixo.
Retirei as minhas mãos dos ombros dela e tapei a minha cara para ela não me ver a chorar.
Ela fica pensativa, notava-se na cara dela que estava a tentar lembrar-se de alguma vez que tenha agido por si própria.
-Está bem, eu vou fazer o que está certo. –Ela dá um passo para trás e ativa o Byakugan.
Eu recuo para a beira do Zang e dou-lhe novamente a mão.
-Shelly, consegui identificá-la a uns 170 metros daqui, mas debaixo de terra…-Disse-me.
Eu desato a correr e abraço-a.
-Muito obrigada, devo-te uma! Quando precisares de alguma coisa já sabes! –Disse-lhe.
-É para onde? –Perguntou o Zang aproximando-se de nós.
Ela apontou para onde era, parecia que era o sitio de onde tínhamos vindo.
Desatamos os dois a correr e encontra-mos novamente a fenda no chão.
-Será que ela está lá em baixo? –Perguntei.
Aproximamo-nos da fenda e espreita-mos lá para baixo. Chamo pelo nome dela e apenas ouço o eco da minha voz.

Comentem!

2011-04-25

Naruto - Fading HD

Adoro esta musica e ainda por cima achei este video que é espectacular no facto de mostrar um pouco de tudo. Por exemplo, mostra os orfãos da chuva (Yahiko, Nagato e Konan), mostra a morte do Obito, Naruto a lutar com Orochimaru, Minato e Kushina, Naruto vs Sasuke, Sasori vs Sakura, o ataque da Kyuubi, Lee vs Gai, e mais... Mas a maior parte pertence ao shippuden.
Divirtam-se!

4ºCap. Tudo ou nada

Quarto capitulo – a minha luta de dor

Para perceber a estratégia tinha de olhar bem em meu redor e saber sempre onde cada membro se encontrava.
A Lin ainda não se tinha mexido nem um bocadinho, e o Zang estava a proteger-me.
Olho para a minha direita e vejo o Naruto a ser engolido por uma serpente gigante, mas não vejo o resto da sua equipa.
Ai! Outra vez! Eu sei que ele consegue safar-se! Não me posso distrair…
Um dos gémeos começa a fazer uma técnica que eu não conheço, e pelas caras do Zang e da Lin, também não a conhecem.
Parece uma técnica roubada, é parecida com uma técnica da Ino, deve ter alguma coisa a ver com a mente…
Ele começa a falar:
-Então, vão ficar ai especados?! –Ele alevanta o braço e aponta para o Zang. –Tu!
O Zang olha para ele e cai na armadilha, o gémeo estava a tentar adormecer-nos! E já adormeceu o Zang!
-Tu! –Diz apontando para a Lin.
-Não olhes para ele! –Gritei.
Por mais que a avise, ela caiu a olhar para ele.
Bolas! Agora só estou eu em pé! Não olhes para ele! Não olhes! Não olhes…
Colei os meus olhos no chão e fiz a técnica “Kai”, isso permitia-me olhar para ele e não adormecer.
-Tu! –Continuou apontando para mim.
Ele bem pode tentar, mas não vai conseguir! Estou protegida sobre o Kai.
-Não cais?! –Resmungou.
-Não irei cair! –Tentei dizer de maneira irónica, mas por dentro estou com medo.
-Ai não? –Disse rindo-se. –Arranjo-te outro remédio!
Eu tinha que o manter desconcentrado, mas como?
-Olá! –Diz a minha irmã saindo de trás da árvore que a outra rapariga se tinha escondido.
Eu olho para ela, e vejo que tinha a fita ninja na perna esquerda, e ela nunca a usou em nenhuma das pernas, só a usa na cabeça.
-Não és a minha irmã! –Gritei.
A rapariga ri-se e aponta para a minha verdadeira irmã que estava amarrada junto á árvore.
-Solta-a! –Gritei novamente.
A rapariga ri-se sarcasticamente e diz:
-Só se derrotares sozinha a minha equipa!
-Assim o farei!
-Então lutas comigo, se ganhares escolhes um dos meus irmãos para lutares a seguir.
Onde é que eu me meti? Se perder, eles matam-me aos meus colegas, e á minha irmã. E onde é que está a equipa da minha irmã? Será que ela lhes fez mal?
Ela começa a correr na minha direção e espeta-me um soco na cara.
Eu caio para trás e mal consigo abrir o olho esquerdo.
-És tão fraquinha! –Disse rindo-se ás gargalhadas.
Estou sozinha… Como nunca estive. O Zang sempre me defendeu, mas isso fez-me mal, fiquei fraca! E agora que sou eu a defender os meus amigos, não consigo! Tenho que lutar como dantes, as minhas habilidades ainda aqui estão, de isso tenho a certeza!
Ela continua a bater-me seguidamente enquanto eu fraquejava com o meu pensamento.
Parecia que estava a andar á roda, já nem a ouvia a falar, vi-a tudo muito clarinho e já não me doía nada, só ouvia o meu pensamento…
Espera aí! Estou a morrer!
Eu agarro-a pelo pescoço e aperto-o muito até ela sufocar e cair para o lado.
Tudo parou de andar á roda, os meus ouvidos já conseguiam ouvir, e os meus olhos não acreditavam naquilo que viam: uma rapariga no chão, morta por mim…
Olho para as minhas mãos, e vejo que estão manchadas de sangue da rapariga. Não posso crer! Aonde eu fui buscar tanta frieza! Eu não estou bem definitivamente.
-Di! –Gritaram os gémeos a correr em direção dela.
-Não se mexam ou acontece-vos o mesmo! –Disse alevantando-me. –Quem é o próximo a lutar comigo?
-Eu! Em nome da minha irmã! –Diz o gémeo da esquerda.
-Du, eu sei que consegues! A nossa irmã nunca tinha sido derrotada… Mas vence em nome dela!
Espera aí! Os nomes deles são “Di”, “Du”, e o outro deve ser qualquer coisa parecida com estes dois! Nunca vi nomes assim…
Ele tenta adormecer-me, mas faço novamente o Kai e mantenho-me em pé.
-Outra vez! Já vi que não cais em hipnoses, vamos lutar a sério então!
Neste momento nada mais me importa senão lutar e ganhar, nem que tivesse que matar! Por isso vou dar o meu melhor!
Talvez seja melhor experimentar a força bruta neste rapaz, para ver o que ele consegue.
Alevanto a minha perna esquerda, concentro o meu chakra nela e bato com ela no chão.
Uma enorme fenda abre-se na terra e o rapaz cai lá baixo. O Zang e a Lin também, só que eu apanho-os e salto para cima de uma árvore.
Agora, se deixar em chamas o interior da fenda… É claro que resulta!
-Katon no Jutso! –Gritei enquanto soprava fogo para a fenda.
A minha irmã ficou com cara de zangada por ter usado uma técnica do clã Uchiha, mas se o sensei me ensinou a fazer-la, é para usar!
O rapaz salta da fenda para cima de uma árvore. Ele estava tinha a pele toda queimada, estava horrível! Metia impressão.
Faço novamente o Katon no Jutso e lanço fogo para ele e para o seu irmão. Ele cai abaixo da árvore e entra novamente na fenda já morto. O irmão fica com aspecto igual ao dele e cai ao chão. Eu salto da árvore e certifico-me que está morto.
Ouço a minha irmã a gritar, olho para ela e vejo que tinha incendiado a árvore onde estava amarrada e o fogo já estava perto dela.
Salto para o outro lado da fenda e desamarro-a mesmo a tempo. Agarro nela e salto para a árvore onde estava a Lin e o Zang.
-Mana, podes acordá-los? –Pedi.
-É para já!
Ela acorda-os com uma técnica que ela era perita: Gritar aos ouvidos!
-O que aconteceu? –Disse a Lin acordando.
O Zang alevanta-se e olha para toda a destruição.
-Quem fez isto? –Perguntou-me.
-Fui eu! –Disse coçando a cabeça.
-Bá! Não foste nada! –Disse o Zang e a Lin ao mesmo tempo.
-Por acaso foi, para nos defender. –Disse a minha irmã.
Eles pareciam continuar sem acreditar, eu no lugar deles também não acreditava. A mais fraquinha da equipa superar o Zang? Só visto!

Comentem!

2011-04-24

3ºcap. Tudo ou nada

Terceiro capitulo – a segunda fase do exame chounnin começa!

Depois da entrega dos manuscritos aos participantes do exame Chounnin, foi atribuído um número de portão a cada uma das equipas incluindo a minha que era a equipa 2.
Eu, a Lin e o Zang, fomos para o portão número doze e a Anko aproxima-se de nós.
-Olá meninos! –Saudou-nos.
-Olá! –Dissemos os três ao mesmo tempo.
-Eu ainda não acabei de explicar tudo... Com que então calhou-vos um manuscrito do ar!
-Sim. –Confirmou o Zang que o segurava.
-Vocês têm dois objectivos. O primeiro é: Vocês irão defrontar uma equipa que vos apareça á frente, então cada um de vocês irá eliminar apenas um dos membros da equipa adversária. O segundo é: Para combaterem com uma equipa, têm que verificar que ela tem um manuscrito da terra já que vocês têm o do ar, se por acaso eliminarem uma equipa que não tenha um manuscrito da terra, vocês irão sofrer as consequências!
-Certo! –dissemos em coro.
Eu já nem me lembrei das poucas vezes que saiu a palavra “matar” da boca dela. Estava no planeta Zang!
A Anko afasta-se de nós e através do microfone faz a contagem decrescente para a abertura dos portões.
-3... 2...1... Agora!
Ouve-se um estalido e os portões abrem-se.
Nós os três concentrámos o chakra nos pés e corremos para a floresta da morte a toda a velocidade como da primeira vez que aqui entrámos.
A fase do exame Chounnin que passei foi agradável, ainda não era namorada do Zang nessa altura! A Lin andava caidinha por o líder da ANBU, apenas o viu a retirar a máscara uma vez e durante dois anos lembrou-se muito bem dele, agora parece ter o esquecido, mas nunca chegou a saber o paradeiro dele, nunca descobriu o seu nome, a sua idade, família nem nada. Daí que ela emagreceu muito e agora é um palito autêntico. O que o amor faz!
O Zang salvou-me da morte nesta floresta, aí eu beijei-o e ele ficou todo corado!
Odeio que o tempo avance, lembro-me dos tempos de criança e faz-me chorar porque nunca mais posso voltar a ser o que fui, nunca mais vou ver os meus amigos que aqui morreram, quero viver para sempre, mas esta maldita linha do tempo não me deixa!
-Vamos parar e preparar uma armadilha para os novatos! –Disse o Zang.
-É melhor nos escondermos num arbusto e ficámos á espera de ação! –Disse a Lin.
Saltámos cada um para um arbusto e pouco depois alguém aparece por perto.
O Zang espreita e vê que era a equipa do baixinho que tinha andado á bulha, ele fica todo excitado e salta do arbusto dele.
-Tu! –Exclamou o Naruto.
Eu saio do meu cantinho e agarro no Zang.
-Larga-me! –Ordenou-me.
-Nem penses, ele é meu amigo e não vou deixar que lutes com ele!
Ele olha para o pergaminho na mão do Naruto e vê que é igual ao da nossa equipa e recua.
-Não vale a pena lutar com este falhado, ele tem um manuscrito igual ao nosso!
-A quem é que chamaste falhado?! –Gritou o Naruto.
A Lin vem ter connosco e faz-nos sinal para fugir.
Paramos numa árvore alta a cerca de cem metros deles, e olhamos ao nosso redor á procura de “vitimas”.
-Está ali alguém! –Diz a Lin apontando lá para baixo por entre as árvores escuras.
E estava mesmo, era uma equipa de dois rapazes gémeos de cabelos curtos pretos e uma rapariga de cabelos longos até á cinta e cinzentos. Todos vestiam umas roupas escuras, pareciam meios góticos.
-Vamos atacar! –Diz o Zang.
Saltamos abaixo da árvore, e eu aterro de joelhos.
-Já temos entretenimento! –Diz a rapariga estalando os dedos um a um.
Eles são assustadores definitivamente!
-Esta rapariga não tem aqui uma irmã aqui no exame? –Diz um dos gémeos apontando para mim.
-Acho que sim, já sabes o que tens a fazer! –Responde a rapariga.
O rapaz desaparece em milésimas de segundos.
Algo vai correr mal! Eles reconheceram que eu tenho aqui uma irmã! O que é que ele foi fazer?
O Zang ataca-a lançando-lhe um shouriken.
A rapariga recua e esconde-se atrás de uma árvore e o rapaz que desaparecera volta.
-Cuidado, tomem atenção a tudo, eles estão a meter-nos no jogo deles! –Diz o Zang.
Tudo estava a tornar-se confuso, até para mim que sou eu que costumo perceber logo tudo desde o inicio.
-Shelly, é melhor recuares e concentrares-te no jogo deles enquanto eu protejo-te, assim se o descobrir-mos pode arranjar-se maneira fácil de deitá-los ao chão! –Diz o Zang.
Eu recuei e concentrei-me.
Ora bem, eles fazem o trabalho muito bem organizado, ficam sempre no mínimo dois em campo enquanto outro prepara uma armadilha. Eles são arrepiantes mesmo!

2011-04-23

Sasuke vs Gaara

Aqui está mais um video que fiz. Tomem atenção, porque no meu pc pesava 20 megas e tinha qualidade, ainda não sei bem se o blogger tira qualidade para pesar menos.
video

Espero que gostem!

Feliz Páscoa para todos!

Naruto Sakura - all i ever wanted

Este video mostra o amor que Naruto tem pela Sakura, espero que gostem!

Basshunter-All I ever wanted

Trabalho de detetives

Já alguma vez pensaram em quem seria a verdadeira pessoa por de trás de Tobi? 

Pois então eu fiz uma pesquisa de detective e descubri quem ele é realmente! A primeira pista que tive foi: Ele possui o sharingan por kekkei genkai. Por isso só pode ser um Uchiha! Muita gente levantou hipóteses de ele ser um velho amigo de Kakashi que morreu há muito tempo a salvar a sua companheira de equipa: o Obito Uchiha. Outros diziam que ele era o Madara Uchiha, e tinham razão, ele é o Madara Uchiha!

Quando menos o esperava, acabei por descubrir, estive a ver no Youtube a verdade sobre Itachi e encontrei um episódio do shippuden em que Tobi conta a Sasuke a história do seu clã e o video mostrava o Madara a lutar contra o que se tornou primeiro hokage mais tarde, e ao contar-lhe aquilo, invés de dizer "ele" (a referir-se Madara) dizia "eu". Por isso se vos perguntarem... Quem é o Tobi?
É o Madara Uchiha!
E aproveito e deixo um pequeno tributo para ele:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...