Pesquisar neste blogue

2011-05-15

11ºCap. Tudo ou nada

Vamos dar entrada á segunda temporada da fanfiction "tudo pode acontecer", é algo que tenho estado a programar há semanas, fiz vários rascunhos, muito papel gastei (não devia andar a gastar assim), fritei o meu cérebro (brinca), e acho que consegui achar um caminho interessante para a história. Agora falta-me desejar uma boa leitura!


Décimo primeiro capitulo – Equipa 2... só resta um!


(…) Quando acordo, dou comigo num quarto de um hospital sozinha.
Alevantei-me, e algo me prendia levemente.
Olho para a minha mão e vejo que tinha uma seringa espetada que me passava o soro.
Retiro-a e saio pela janela. Vi que não me tinham vestido uma bata nem roupa do género, ainda bem porque ainda tinha que dar umas voltas urgentes!
Corri o mais que podia até ao memorial.
Corri… Passo a passo rápido… Corri… Cheguei a cair… Mas parecia que nunca mais chegava lá!
Finalmente chego até ao memorial… Vi a pior coisa que alguma vez me podia passar pelos olhos: O Zang com sangue á volta dele, e o pior de tudo é que estava morto.
Cai de joelho ao lado dele, olhei para o céu já com as lágrimas a escorrer-me pela cara abaixo.
Arranquei-lhe a estrela das costas e coloquei-a ao meu lado.
-Zang… podes não me estar a ouvir, mas não interessa! Eu vou vingar-me daqueles, mesmo que a culpa tenha sido toda tua! E vou vingar-me com esta estrela, vou fazer o mesmo que te fizeram! Perdi o medo de matar já a algum tempo e nunca mais voltará, prometo!
Passei o resto do dia ao lado dele, deitada a chorar.
No dia seguinte, acordo com os pés do Naruto e da Sakura á minha frente. Eu estava deitada de barriga para baixo ao lado do Zang. Alevanto o rosto com lágrimas ainda a escorrer-me.
-Andamos toda a noite á tua procura. –Disse o Naruto.
A Sakura estava a ver o estado do Zang, viu se ainda tinha pulsação, mês ele já estava morto.
-O que aconteceu? –Perguntou a Sakura.
-Encontrei-o morto… -Suspirei. E menti um pouco, não queria dizer a verdade.
Entretanto o Kakashi aparece.
-Naruto e Sakura, acompanhem a Shelly até casa para concluírem a missão! –Ordenou.
-Mas Kakashi… -As palavras fugiram-me.
-Eu sei que queres ficar aqui com ele, mas temos de o levar até á ANBU, depois explico-te…
Não insisti, a minha família devia estar preocupadíssima comigo.
O Naruto e a Sakura ajudaram-me a levantar e acompanharam-me até casa.
Bato á porta e a minha mãe abre-a.
-Por onde andas-te? –Disse abraçando-me.
Eu estava com nenhuma paciência para falar do que tinha acontecido, não respondi e fui para o meu quarto.
Deitei-me na cama de barriga para baixo e abracei a minha almofada de enfeitar em forma de coração.
Tenho que desviar o meu pensamento! Tenho que ser forte!
Invés de estar aqui a pensar isto, podia estar á procura de quem o matou.
Eu esqueci-me da estrela!
Corri para a porta e sai de casa a correr para ir buscá-la.
Encontro o Kakashi na rua á frente da minha casa.
-Onde vais tão apressada? Perguntou-me.
-Esqueci-me de um objecto lá.
Ele retira algo de trás das costas…
-Era isto? –Perguntou-me mostrando a estrela.
-Sim!
-Calculava que a quisesses… Queres-te vingar, não é? Eu não te vou impedir disso, toma lá. –Atirou-ma e eu apanhei-a no meu braço como uma pulseira.
Estava prestes a começar a correr até que ele volta a falar.
-Não vás agora, quero falar contigo…
Ele começou a andar, devia ser para segui-lo. Fui atrás dele.
Só parou quando chegou ao cimo de uma rocha alta. Subi para a beira dele.
-O Zang disse-te porque é que apostou a sua vida?
Eu fiquei em choque, como é que ele sabia? Isto já não me cheira bem…
-Não…
-Então eu vou dizer-te…
Mas que nervos! Tanto suspanse!
-Ele desde há uns tempos atrás tem vindo a ser como a Tsunade-sama, faz apostas e perde quase sempre. De tanto perder, não tinha mais nada para apostar, e fez uma aposta como conseguia derrotar um membro da ANBU, só um dos dois sai vivo. E foi o da ANBU que saiu vivo.
Eu fiquei a olhar para o chão, desiludida com o Zang, no facto de ser um apostador autêntico e de ter perdido uma luta, nunca iria conseguir imaginar isso.
-Mas não era sobre isso que eu queria falar contigo…
-Então?
-É sobre a Lin, ela fugiu da Vila, e o teu sensei desapareceu. O Hokage deu ordem de tu os procurares, mas é melhor levares companhia, não sabes quando voltarás.
-Porque é que ela fugiu?
-Ninguém sabe, ou tu fazes ideia?
Eu encolhi os braços.
Não queria dizer ao Kakashi, mas deve ter ido atrás do tal rapaz, ainda por cima falei com ela sobre ele á pouco tempo.
-O Hokage quer que vás o mais depressa possível.
-Como o Sasuke já não está com a equipa 7, podia até ser boa ideia juntar-me a eles, são só dois e eu sou uma…
-O Naruto e a Sakura? Tens mesmo a certeza?
-Sim, acho que eles não se importam.
-Então eu vou falar com eles…
Ele desapareceu como sempre. Não é má ideia ele ser meu novo Sensei. O Kakashi disse aquilo como se estivesse a chamar fracos a eles os dois. Eles não são fracos! Até devem ser uma das equipas mais fortes da idade deles.

1 comentário:

Ao comentar estás a ajudar este blog, é um pequeno gesto que dá mais vida ao blog e com certeza me deixará feliz! :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...