Pesquisar neste blogue

2011-06-30

1º Capitulo até ao fim

Aqui vai o primeiro capitulo da fanfiction até ao fim, não sou muito boa a fazer inicios mas espero conseguir surpreender-vos ao andar da história.

Primeiro capitulo – Corações alegres e um despedaçado

O dia da decisão de Sakura, um dia que marcou a vida dela…
Sakura estava sentada num banco, Sasuke passa mesmo á frente dela em silêncio, ela estremece quando apercebe-se da presença dele.
-Sasuke! –Chamou.
Ele olha para trás apaticamente.
-Então Sasuke, passaste por mim tão silenciosamente…
-Olá. –Disse Sasuke.
-Olá! –Disse enquanto se dirigia para a beira dele. –Podes pensar que sou mais uma rapariga tola por ti… mas eu gosto mesmo de ti, Sasuke…
Ele fica a olhar para ela.
Aproxima-se dele e dá-lhe um beijo na cara.
-O que foi isso?! – Disse indignado.
Ela baixa a cabeça para esconder a cara, pede desculpa e começa a correr a chorar.
Sasuke fica um pouco arrependido da sua reação, vê-la a correr a chorar tocou-lhe pela primeira vez no coração.
Não se queria apaixonar por ela, queria concentrar-se em se bom na arte ninja para se vingar do seu irmão, mas a Sakura começava a encher-lhe a cabeça.
-Sakura! Espera! –Gritou.
Não lhe valeu de nada, ela já se tinha ido embora.
Encolhe os braços e continua o seu caminho de mãos nos bolsos.
No dia de treino, logo de manhã o Sasuke foi o primeiro a chegar á ponte. Algum tempo depois chega a  Sakura que se afasta dele.
-Sakura… -Disse Sasuke aproximando-se dela. –Precisamos de falar…
-Sasuke… -Suspirou.
-Aquilo de ontem, desculpa a minha reação… Eu gosto de ti, mas não me quero desconcentrar do meu sonho, entendes?
Ela fica feliz por dentro e diz:
-Entendo, só não sei como é que te desconcentro!
Ele aproxima-se dela mas tropeça numa pedra e fica de lábios colados aos dela.
O beijo prolonga-se, já não era possível reconhecer o Sasuke durão naquele momento.
Mesmo nessa altura aparece Naruto que fica sem reação, destroçado por dentro e apesar de tudo ele sentia que aquele dia iria acontecer.
Quase ao mesmo tempo que os lábios deles se soltam aparece Kakashi.
Eles recompõem-se e fazem de conta que não aconteceu nada.
-Olá a todos! –Disse Kakashi.
-Bom dia! –Disse Sasuke e Sakura, Naruto ainda estava imóvel e destroçado.
Eles dirigem-se á floresta mais próxima e começam a treinar os seus justos em que são mais fracos.
O único que parecia estar concentrado era o Naruto que depositava a sua força toda contra uma pedra a usar o Rasengan.
-Naruto, não me parece que o Rasengan seja uma técnica que precises de aperfeiçoar… -Comentou Kakashi.
-Ainda não domino completamente o Rasengan, por isso estou a treinar para ficar mais forte!
-Ok!
Sakura apesar de não conseguir parar de pensar naquele beijo reparou que Naruto estava de coração destroçado.
Kakashi estava a comparar Naruto ao Quarto Hokage, tal pai tal filho! Começava a acreditar que iria ser um Hokage, talvez melhor que o seu próprio pai.
Naruto era capaz de ficar contente por saber que é filho do 4º Hokage, mas talvez ficasse triste por saber que seu pai está morto, o que é normal.
O dia foi longo para Naruto, estava morto para chegar a casa e deitar-se a dormir.
No fim do treino, Sakura convida Sasuke a almoçar juntos e ele aceita, Naruto procura Iruka e encontra-o no restaurante onde comiam juntos Ramen.
-Iruka! –Exclamou Naruto.
-Olá Naruto, cheguei mesmo agora! Senta-te aqui e come Ramen comigo.
Ele ficou alegre e sentou-se logo ao lado dele.
-Naruto, hoje não estás lá com uma cara muito alegre…
-ah? Não, estou bem! –Disfarçou.
-Confia em mim…
-Está bem… a Sakura e o Sasuke beijaram-se e agora estão a comer juntos… -Suspirou.
Iruka sabia que Naruto gostava de Sakura e tenta alegrá-lo.
-Talvez ela não fosse a rapariga certa para ti! Vais ver que neste mundo não faltam raparigas bonitas!
Naruto solta um pequeno riso.
-O que foi? –Pergunto Iruka.
-Lembrei-me do Jiraya! Ele adora mulheres!
OS dois começam a rir juntos, a companhia de Iruka era tão importante para ele…

2011-06-28

14ºCap. Tudo ou nada

Pessoal... este é o último capitulo da primeira fanfiction do blog (tudo ou nada).
É sempre bom se deixarem um comentário a dizer se gostaram ou não, o que se podia melhorar, ideias para uma fanfiction nova, vocês é que sabem o que comentam!
Espero que tenho gostado!

Décimo quarto / Último capitulo - Chuva de sangue

Shelly
No dia da partida da equipa sete, agora com um novo membro, a Shelly, estava a chover não muito mas estava.
-Vamos partir num dia de chuva? –Perguntei.
Naruto abana a cabeça em gesto de confirmar.
-É um bocado chato eu sei…-Comentou a Sakura.
Abriram-se os portões, eu, a Sakura, o Naruto e o Kakashi-sensei saímos de Konoha. Também chovia lá fora e com mais intensidade, mas Naruto estava decidido a procurar Sasuke tal como Sakura.
O Naruto e a Sakura tinham 15 anos, eu tinha 19.
Sentia-me estúpida a cada passo que dava, não tinha a companhia da Lin, ou do Zang, ou até mesmo do meu antigo Sensei, não estava a gostar nada da mudança… simplesmente adorava a minha antiga vida.
Eu começava a ser o centro dos olhares, a minha cara estava mesmo a dizer o que sentia…
A Sakura preocupada, afasta-me dos outros e fala comigo.
-O que tens? Que cara é essa?
-Nada, não se passa nada… -Estava a mentir-lhe. –Estou assim porque tenho saudades do Zang, mais nada… -Suspirei.
-Ah… Entendo, mas lembra-te que estou sempre ao teu lado, seja para o que for.
Voltamos a juntar-nos com os outros e eles olhavam-nos com curiosidade.
Andamos todo o dia, quando chega o pôr do Sol é altura de começar a procurar um sitio para dormir.
O Naruto vê uma arriba e começa logo a dizer aos saltinhos:
-Vamos dormir ali naquela arriba! Por favor! É tão fixe!
-Estás doido?! E se aquilo cai abaixo??? –Comentou a Sakura.
-Anda lá! Faz isso por mim…
Ele pôs os olhos a brilhar e fixa o olhar nela, ela cruza os braços e solta um pequenino “está bem” por entre os dentes.
Não chovia, já nos tínhamos afastado suficientemente da nuvem.
Montámos os sacos de cama lá em cima da arriba, cerca de 5 metros de distância da beirinha.
Em baixo da arriba, havia água e pedras e se alguém por acaso caísse numa dessas pedras tinha morte súbita.
Eu, Shelly, não me estava a sentir lá muito bem, por acaso estava a adorar a ideia de dormir numa arriba, mas estava sempre a confundir o Naruto com o Zang, o cabelo era praticamente igual, os olhos nem se fala, e o sorriso era uma cópia exata.
Passei algum tempo a olhar para o rosto dele, ele estava ao meu lado, do outro lado estava o Kakashi-sensei.
Decidi olhar para as estrelas, e ligando-as parecia estar a ver a “contelação Zang”.
Porquê ele, e porque não alguém que tenha feito mal? Porque é que o Zang teve de ser assassinado mesmo á minha frente? Porquê?
Começam a cair-me lágrimas pelo rosto abaixo, e começo a ficar irrequieta.
De repente ele dá uma volta e fica de costas voltadas para mim.
Parece que me acalmei naquele instante, mas pouco depois lá estava eu sempre a pensar no Zang e no Naruto.
Não sei como, mas acabei por adormecer.
Quando acordo, era muito cedo, o Sol ainda estava a nascer. Levantei-me e ajeitei as minhas roupas.
Bocejo e sento-me mesmo na beirinha da arriba e fico por instantes a apreciar o mar.
De repente a pedra onde pousava o meu pé cai e eu quase que ia ter morte certa, mas saltei para cima imediatamente e fico em pé a olhar para a pedra a cair.
Com o barulho todo e com o meu mini grito, alguém acorda. Viro-me para trás e vejo que era o Naruto a sair do saco de cama e viro-me logo para a frente.
Ele vai ter comigo e eu começo a ficar nervosa.
-O que fazes acordada tão cedo?
Não respondi, e tentei sorrir mas não consegui a minha cara demonstrava tristeza e confusão.
-Vá-la, diz-me o que tens… Sou teu amigo! –Ele sorriu, com o sorriso maroto com a mão na cabeça: típico dele.
-Eu… -Finalmente soltei alguma coisa da minha estúpida matraca. –Eu…
Ele fica á espera que diga alguma coisa, o que me deixa ainda mais nervosa.
Estava tão nervosa e tão louca, a consequência foi simples:
Agarrei-o e dei-lhe um beijo na boca.
Ele ficou de olhos abertos, eu estava tão confusa com o que tinha acabado de fazer, acho que estava a endoidecer…
E para remediar disse:
-Desculpa…
Ele não falou nada, olhei para a água abaixo da arriba e pensei "agora é tudo ou nada!", e escolhi o nada...
E aí dou-lhe um empurrão para ele cair para trás no chão e atiro-me para as rochas.
Enquanto caía, fiz um jutso para acelerar a minha queda, e quando caí saltou tanto sangue que até parecia chuva de sangue.
Narrador
O Naruto gritava lá de cima por ela e chorava.
A Sakura e o Kakashi acordam e ficam surpreendidos pela chuva de sangue. Correm imediatamente para junto dele  para ver se estava bem e aí dão pela falta da Shelly e quando olham lá para baixo vêm sangue, muito sangue nas rochas e na água já nem se via o corpo dela.
-Naruto! O que aconteceu?? –Disse Sakura enquanto Kakashi descia cuidadosamente para lá baixo.
-Ela…
-Ela o quê!?
-Beijou-me e atirou-se abaixo e ainda acelerou a queda! –Disse chorando.
Ela fica sem reação mas porém uma lágrima cai-lhe dos olhos.
-Kakashi! Ela! O que aconteceu ao corpo dela?!! –Gritou Naruto.
-Lamento, mas ela suicidou-se, e agora não há remédio… -Respondeu de lá de baixo.
Ele dá um murro forte no chão que até faz a Sakura estremecer de medo pois a arriba podia cair. Ela tira Naruto dali de cima e encosta-o a uma árvore.
-Eu… Eu não acredito! Shelly! –Gritou.


Na vida há momentos que se tem de escolher algo, por vezes é tudo ou nada, cuida sempre de fazer a decisão certa, ou seja, segue o teu coração...

2011-06-24

2011-06-19

Mostra o que vales

Este post vem por uma razão muito especial, se queres brilhar, um pouco ou muito, com o teu talento (seja qual for), tenho todo o prazer de publicar aqui no blog o teu talento, por exemplo, se o teu talento for desenhar envia um mail (para: lizdn16@gmail.com) com um desenho anexado, se for uma música e não der para anexar, sempre podes fazer o upload (como aqui: megaupload) e depois mandas um mail com o link.

Boa sorte, nunca desistas dos teus sonhos!

2011-06-18

Desenhar a Sakura

Atrevam-se a desenhar a Sakura!
Bons desenhos^^
Shippuden

Clássico

2011-06-11

Minhoca na maçã!

Vamos animar o blog! Vou começar com a etiqueta "minhoca na maçã", já que eu gosto muito de apreciar as palavras e os vários sentidos que podem ter (Sempre á procura de algo maroto LOL), á medida que vou encontrando palavras interessantes em qualquer lingua vou deixar-vos a pensar um bocadinho.

Para vocês entenderem melhor, aqui vai a primeira (mas desta vez já tem a dizer o que é)

Sellfish (Palavra inglesa), significa "egoísta".

Vamos lá racicionar... Sell significa "vender", Fish significa "peixe"... Egoístas são vendedores de peixe segundo os Ingleses!

Dica: Para não ofenderes muito alguém próximo, e essa pessoa esteja mesmo a pedi-las, chama-lhe vendedor de peixe, vai deixá-la um bocado pensativa

Ainda dizem que estamos em crise, vender peixe é o que está a dar!


(esta etiqueta contém sempre algo um pouco de "brinca" com o mundo real)

2011-06-03

3000 Visitas

Passamos as 3000 Visitas! (digo no plural pois os leitores são uma parte fundamental do blog)
Adoro-vos a todos!^^ Muito obrigada!

Palavras para quê? o Tobi diz tudo!

2011-06-02

Black eyed peas em honra do Japão

Posso ir tarde, mas mais vale tarde do que nunca!

Os "Black Eyed Peas" Gravaram o videoclip da música "I just can't get enough" uma semana antes do terrivel Tsunami que desanimou muita gente. E ainda há mais, no fim diz para mandar um sms para o número 90999 com o texto "REDCROSS" para ajudar o Japão com 10 Dólares, mas não tenho a certeza se aqui na Europa funciona.

Vamos dar força ao Japão, sem os trabalhadores de lá já mais Naruto existia pois Masashi Kisimoto não era capaz de fazer tudo sozinho (ele teve uma equipa para ajudar com ideias e personagens ao criar o mangá), FORÇA para todos!!!


2011-06-01

13ºCap. Tudo ou nada

Décimo terceiro capitulo - Shelly entra na equipa 7

O Naruto alevanta-se e diz:
-Já vou embora, vou treinar!
Eu sorri e disse logo:
-Acredito que vais ser um hokage! Tenho a certeza!
Ele ficou todo babado, o grande sonho dele era mesmo isso, e a maior parte da gente diz-lhe que não tem jeito nenhum… Apenas pensam e não lhe dizem, mas assim ele irá crescer, não se deixará cair nos elogios!
-Obrigado! –Disse esfregando a mão no pescoço.
Quando deixei de o ver, alevantei-me e fui para casa.
Entrei silenciosamente e enfiei-me no meu quarto. Conseguia ouvir a minha irmã a chorar na casa-de-banho, pela partida do Sasuke, só faltava mesmo ela para o procurar! Quero a felicidade da minha irmã, não quero impedir que ela ame alguém, mas também não quero que sofra para o resto da vida… Por isso vou fazer de tudo para que ela não alinhe á procura dele.
Algum tempo depois, já era possível ver a lua no céu, redonda e brilhante… Eu estava sentada numa cadeira na varanda a ver o pôr-do-Sol.
Por mais bonito que fosse o pôr-do-Sol, eu só via sangue naquelas nuvens vermelhas, talvez o mesmo sangue que escorria pelo Zang abaixo quando lhe espetaram um shouriken grande nas costas.
(nota: o que eu chamava de estrela grande é um shouriken grande).
De repente sinto uma sombra a aproximar-se… Era o Kakashi…
-Kakashi?
-Não, agora é Kakashi-sensei para ti! Shelly, já estás incluída na equipa 7!
Eu fiquei com os olhos a brilhar.
-A sério?
Ele faz um gesto de sim com a cabeça.
-O Naruto e a Sakura querem partir amanhã á procura do Sasuke, prepara a tua mochila.
Ele desapareceu instantaneamente, nem tive tempo de pestanejar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...