Pesquisar neste blogue

2011-08-14

15º Capitulo até ao fim

Já lá vão 15 capitulos, espero que tenham gostado <3

Sugestão de música (talvez não seja a melhor, mas estava a ouvi-la enquanto escrevi):

Afrojack feat Eva Simons - Take Over Control


Décimo quinto capitulo – A missão mais longa de sempre

(uma semana depois do regresso a Konoha)

Ina

Como o Naruto vive sozinho, fiquei esta semana em casa dele.
Tomei o pequeno almoço e ele ainda estava a dormir, saí da casa e fui até ao pequeno jardim que estava encostado á parede das traseiras.
Não me parecia que era o Naruto que cuidava das plantas, devia ser a Sakura ou até a Ino pois ela gosta muito de plantas.
Tinha umas tulipas e duas roseiras pequenas uma de rosas vermelhas e a outra de brancas.
Cortei uma rosa branca e peguei num frasco que estava no chão com água e pousei lá a rosa.
Abri um pouco a torneira e reguei as plantas.
Fui fechar a água e alguém me abraça pelas costas, assustei-me ainda com a mangueira na mão e sem querer abri a torneira toda e ela ganhou mais força que eu e começou a atirar água para o ar como chuva grossa.
Mesmo estando a ser encharcada por uma mangueira a minha curiosidade venceu e olhei para ver quem era. Só podia! Era o Naruto que já estava a escorrer de água.
Sorri como quem diz “Asneira minha!”.
-Ficas giro com o cabelo molhado!
Parecia que advínhamos, ele agarrou em mim pela cinta ao mesmo tempo que eu o abracei pelo pescoço e beijámo-nos.
Que momento mais maravilhoso e bonito!
Estava a beijá-lo com água a cair e todos encharcados, e a água fazia um arco-íris por cima de nós. Estar com ele era tão mágico! Sentia-me tão maravilhada!
Afastei-me um pouco, a água já chegava! Desliguei a torneira. Tudo estava molhado á nossa volta.
-Já vi que te assustas muito.
Alguém em cima do telhado diz:
-Desculpem lá a interrupção… Eu adoro esses momentos… Mas a Hokage mando chamar-vos para uma missão longa, é melhor trocarem de roupa num instante e vão ter ao escritório dela.
Era o Kakashi-sensei, será que ele esteve ali o tempo todo? Respirar fundo… antes que me irrite…!
Ele desapareceu e fomos trocar de roupa. Chegamos ao escritório da 5ª Hokage, ou melhor, como o Naruto a chama “velhota Tsunade“ e já estava lá a Sakura e o Kakashi-sensei.
-Bem. Agora que já estão aqui todos posso dizer-vos que missão é.
Fez-se silêncio e ela continuou:
-É uma missão de nível B, claro que o Naruto é apenas gennin mas isso não significa nada, ele pode ir na mesma como tem ido sempre!
Então o Naruto é Gennin, pensei que fosse Jounnin, e pelo colete que a Sakura está a usar ela só pode ser Chounnin, e eu? O que sou?
-Que classe de ninja sou eu? –Perguntei da boca para fora.
Ela torceu as sobrancelhas e lá se lembrou que eu perdi a memória.
-Shizune! Trás a ficha da Ina! –Disse a Tsunade.
Ela continuou enquanto a Shizune fazia o que ela pediu:
-Vocês vão viajar por todo o país do fogo para recolher informações sobre a Akatsuki, é essa a missão.
A Shizune volta com uns papéis na mão e a Tsunade pega neles e ao ler fica de olhos arregalados.
-Tu és Jounnin! Pensei que fosses Gennin!
-Então porque me chamou?
-Ah?  Foi o Kakashi que me pedi que acompanhasses o Naruto, mas agora também te vou atribuir esta missão!
Lá está o Kakashi-sensei com as lamechices dele! Mas… tenho que lhe agradecer, esta missão vai ser bem longa! A vida de um ninja é assim, nunca para!

Naruto

Fiquei surpreendido pela Ina ser Jounnin, ela é assim tão forte? Já sei! Vou testá-la!
-Têm um dia para fazer as malas!
(Depois de sair, já na rua a ir para casa)
A Sakura estava a fazer-nos companhia até casa, tinha que aproveitar para testar a Ina!
Deixei-me ficar para trás, elas estavam na conversa nem deram fé de isso.
Afastei-me o suficiente para elas não ouvirem o barulho que o Rasengan fazia.
Não deixei que ficasse muito forte, concentrei o chakra nos pés e corri rapidamente para a atacar com o Rasengan nas costas.
Quando já estava prestes a espetar-lhe o rasengan ela vira-se para trás a uma velocidade incrível e atira com cinco shourikens que não me tocam, mas foi como se tivessem um pano invisível que me colou á parede do fundo da rua.
-Como fizeste isso? –Perguntou a Sakura.
-Fui eu que inventei esta técnica, os shourikens não lhe tocaram mas um campo invisível entre eles não deixo atacar-me e empurrou-o até a parede e aí os shourikens ativaram a teia que fez com que ele se colasse á parede.
Ela alevantou a mão e os shourikens voltaram para ela e caí ao chão.
Desapareceu de onde estava e aparece mesmo ao meu lado encostada á parede e perguntou olhando para a frente de braços cruzados:
-Ias-me atacar com o Rasengan para quê?
-Sabes o nome da técnica?! Como?
-Eu também a sei! O porteiro do colégio ensinou-me muitas coisas! Mas… responde ao que te perguntei.
-Está bem! Era para te testar já que és Jounnin!
Olhei para ela e estava a fazer um “mini-rasengan” com a mãos em concha. Alevantou uma mão até a frente dos meus olhos e disse:
-Eu aperfeiçoei o rasengan e criei o mini-rasengan, pode ser pequeno e bonito, mas ao lança-lo contra alguém ele entra no corpor e se infiltrar-se numa artéria que vá direta ao coração mata em segundos!  É raro usar esta técnica, só em emergências!
Ela é mais inteligente do que eu pensava! Agora irá surpreender-me com quê?

3 comentários:

  1. Olá! Eu sou a Kuroi e sou designer de blogs e vou criar um blog só para isso! Eu gostava de saber se gostavas que eu te fizesse um design... Se não quiseres não faz mal! Cada um tem a opinião própria!

    ResponderEliminar
  2. não, não preciso.
    Eu não tenho curso de design mas não preciso de nada disso, obrigada na mesma^^

    Este blog, de todos os que tive, acho que tem o design mais fraco por isso não preciso

    thank you^^

    ResponderEliminar
  3. o que eu quero dizer, é que se eu kisesse este blog podia estar muito melhor.

    Muito obrigada na mesma

    ResponderEliminar

Ao comentar estás a ajudar este blog, é um pequeno gesto que dá mais vida ao blog e com certeza me deixará feliz! :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...