Pesquisar neste blogue

2011-10-05

26º Capitulo Até ao fim

(aproveito para avisar que toda a informação para o concurso está na página "concurso desenhos" incluindo o tema deste mês) 
Sugestão de música (evanescense-missing):

 
Vigésimo sexto capitulo - O funeral

Ina estava de joelhos no chão a chorar, tinha um mau pressentimento á cerca daquilo tudo.
Shizune abraçava o porquinho para se controlar, quem sabia a verdade sentia-se culpado...
Os vizinhos foram até a beira deles, também estava lá a Hinata, o Kiba, o Shikamaru, o Chouji e muitos outros ninjas e amigos do Naruto.
Ina alevantou-se sem se apoiar com os braços pois tinha os pulsos partidos, olhou para trás e estava muita gente preocupada com o que se estava a passar.
A porta abriu-se e Tsunade saiu com má cara.
-O que se passa, Tsunade-sama!!?? -Perguntou Ina.
Tsunade olhou para todos á sua volta, e baixando o olhar para o chão disse:
-O Naruto... morreu...
Ina ficou de olhos arregalados, sentiu um aperto no peito, caiu de joelhos no chão e algumas lágrimas lhe começaram a escorrer.
-Não! Ele não pode ter morrido! -Gritou.

 Tsunade não falou nada, baixou a cabeça e abriu a porta para entrar. Ina alevantou-se rapidamente e tentou entrar, mas Tsunade pôs-se á frente dela.
-Por favor, eu quero vê-lo uma última vez...
-Lamento... Mas não podes...
Empurrou-a para trás e entrou, fechou a porta com tudo o que tinha.
-Não! -Gritou virada para o céu.
Colocou as mãos no peito e olhou o céu. Sakura colocou uma mão no ombro dela a chorar.
-Como é que uma pessoa como ele morre assim? Não pode ser verdade! -Disse para Sakura.
-Eu também não sei... -Suspirou, sabendo que estava a ser tudo uma mentira cruel.
Toda a gente ficou chocada, choravam a morte dele.
-Ina... É melhor passares esta noite em minha casa... -Disse a Sakura.
Ela desmaiou e caiu para a frente, a Sakura não teve tempo de a segurar, ajoelhou-se á beira dela e olhou para Shizune.
Os amigos mais chegados dela rodearam-na e ajudaram Sakura a levantá-la.
-Ela tem razão... Como é que uma pessoa como o Naruto morre assim... ? -Disse o Kiba.
Levaram a Ina para a casa da Sakura, estavam todos perdidos em lágrimas.
Deitaram Ina na cama da Sakura.
Hinata sentou-se na beira da cama tal como o Neji e o Kiba fizeram.
A Ino, o Shikamaru, o Chouji e a Sakura sentaram-se no chão encostados á parede.
Fêz-se silencio, apenas se ouvia as lágrimas a cair de todos.
Acabaram por adormecer assim.

No dia seguinte.
O funeral estava a começar, estava a chover, todos saiam de casa para ir ao funeral do Naruto.
Uma multidão de pessoas vestidas preto se acumulava lá no sitio.
Ina e os membros das equipas da idade dela estavam na primeira fila.
Tsunade também estava no funeral. Naruto estava no escritório dela.

Naruto estava sozinho, não estava a aguentar muito mais aquela mentira... Pegou numa capa preta, colocou o capuço que lhe tapava a cara, mas mesmo assim preveniu-se colocando uma ligadura na cara. Tirou a fita ninja, fechou a capa e saiu.
Á porta estavam os guardas.
-Temos ordens expressas para não deixar entrar nem sair ninguém daqui.
Ele não respondeu, apenas limitou-se a fazer o Rasengan e deixou-os inconscientes.
Foi até ao local do funeral, seguiu até a primeira fila com uma rosa branca na mão só para disfarçar. Colocou-se no meio da Ina e da Sakura.
Sakura apercebeu-se logo que era ele e Tsunade, que se encontrava mesmo atrás dele, também se apercebeu imediatamente e ficou enfurecida.
Tsunade tinha uma rosa na mão com ainda alguns picos, começou a tirá-los e atirou-os secretamente para ele.
-Estás a arriscar imenso. -Pensou.
Ele sentiu piqueiro nas costas e passou a mão para os retirar.

No fim do funeral, todos começaram a ir embora, apenas permaneceu a Ina e o Naruto disfarçado lá.
Ela olhou para ele, não dava para perceber nem um pouco quem era, ele virou-se para trás e foi embora.
Ina ficou lá sozinha em pé a chorar e a olhar a foto dele.
Naruto passou pela Sakura e passando por ela disse disfarçadamente:
-Cuida dela.
Ele voltou para o escritório de Tsunade e lá encontrava-se a Shizune e a própria Tsunade.
Tirou a capa e tudo o que tinha usado para se disfarçar, ia a pegar na fita ninja que estava em cima da secretária mas Tsunade deu um murro em cima da mesa e espetou a mão sobre a fita.
-Estás doido? -Disse num tom de voz baixo. -Arriscas-te imenso!
Retirou a mão e ele pegou na fita, ignorou-a.

Sakura foi até a beira de Ina e abraçou-a.
-Precisas de dar uma volta, não podes ficar sempre aqui...
Ina permanecia em silêncio a chorar, Sakura deu-lhe a mão e puxou-a para dar um passeio.
-Está bem... Eu vou... mas eu é que escolho o sítio onde vamos... -Disse Ina.
Foram as duas até a beira de um lago.
-Este sitio foi onde eu o conheci... -Suspirou.
Começou a chorar ainda mais e gritou:
-Eu quero morrer!
Sakura ficou sentida com o que estava a ouvir, abraçou-a e disse:
-Não, eu sei que ele não queria que tu morresses...
Ina caiu de joelhos no chão.
-Eu não sei o que fazer!
Sentou-se "abraçada" ás  pernas com a cara apoiada nos joelhos e continuou a chorar.
-Como é que uma pessoa com o coração dele morre tão cedo...? Eu não acredito no que está a acontecer!
Sakura ficou sentada no lago a molhar os pés apenas a ouvir o que ela estava a dizer, não conseguia dar uma lamentação falsa de nenhum modo, apenas suspirou:
-Maldita Akatsuki...
Ina olhou-a de lado.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. O.O Parabéns Haru-chan!!
    ^^ Adorei ficou muito bom!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Arigatou^^

    Já tentei colocar o teu banner na pag de parceria mas n ficou mt bem -.-'

    ResponderEliminar

Ao comentar estás a ajudar este blog, é um pequeno gesto que dá mais vida ao blog e com certeza me deixará feliz! :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...